terça-feira, 9 de novembro de 2010

Eu conheço um homem de lata

“Se tens um coração de ferro, bom proveito.
 O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia.”
 José Saramago

Você me lembra muito o homem de lata do Mágico de Oz, só com uma diferença: ele confessa a busca por um coração, enquanto você faz a sua silenciosa, em passos calmos e se gaba por ser feito de aço da cabeça aos pés. Sentimentos enferrujados, sorriso sempre à mostra, olhos quase nunca atentos; faz a mesma viagem dos personagens do 'Mágico de Oz' em busca do caminho de casa, mas nem desconfia que sua casa é você mesmo. Procura fora o que está dentro e esconde dentro o que poderia ser bonito aqui fora. Menino assustado, perdido, seu caminho é "in". Talvez se deixasse a armadura de lado pudesse ouvir o coração batendo em algum lugar muito próximo, mas o medo ensurdece; é a coragem que abre os olhos, ouvidos, mente e peito. É a coragem de mostrar fraqueza que fortalece. Mas como pode o homem de lata saber dessas coisas que são emoção? "Homem de lata também sente", alguns dirão. Concordo. Sente, mas dificilmente amassa. Sente, mas facilmente esquece; porque o chapéu de funil não filtra sentimento. Sente, mas não aperta o coração, não apavora o estômago, não atormenta a mente. Sente sem saber guardar.
Quem sabe um dia esse homem feito de lata encontre um mágico que lhe dê um coração; quem sabe um dia ele decida parar de enganar a si mesmo que consegue viver só com dois pulmões no centro do corpo. Quem sabe um dia ele volte um pouco o caminho e vem com o sorriso estampado e o peito, enfim, aberto. De nada adianta dois pulmões se você não tem um coração pra te fazer perder o fôlego. O homem de lata tem olhos invejáveis, abraço de algodão, é imã. Atrai aos outros naturalmente (e dói saber que isso tem acontecido) porque é como se algo lá dentro, no centro dissesse assim: 'Eu não sei caminhar até aí, mas venha, sente-se comigo e serei uma ótima companhia.' E ele é. Só falta um coração pra saber disso tudo. Acho que a Dorothy não se importaria em mudar um pouco a história e dividir o seu, enquanto o homem de lata não descobre o que carrega dentro.

-Eu conheço um homem de lata
e ele não sabe a falta
que seu abraço revestido de aço
me faz.

Isa G.

39 comentários:

  1. Ai que lindoo!!! Adorei o post!

    Bjinhos

    Nina

    ResponderExcluir
  2. "É a coragem de mostrar fraqueza que fortalece." Meu Deus, Isa! Isso é perfeito, o texto inteiro. Gostei demais, demais. Mais um presente para nós leitores. Lindo, Isa! :D

    ResponderExcluir
  3. De nada adianta dois pulmões se você não tem um coração pra te fazer perder o fôlego
    é isso aí!Adorei Isa.

    =*

    ResponderExcluir
  4. Adoro o Mágico de Oz e esse seu texto ficou tão meigo. Adorei! :)

    ResponderExcluir
  5. Obrigada pela visita e comentários em meu blog.
    Eu gosto de receber conselhos, agradeço o carinho e o tempo seu comigo.

    Um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Isa... Eu confesso uma coisa... Te leio pouco, mas conquistou a minha fidelidade com esse lindo texto, de fato presenteou-me com tantas palavras!

    ResponderExcluir
  7. Você escreve tão bem Isa. Adoro teus textos, esse em especial eu amei, está maravilhoso! Acompanho sempre o seu blog, obrigada por visitar o meu tambem *-*
    "De nada adianta dois pulmões se você não tem um coração pra te fazer perder o fôlego."
    Me identifico com o que você escreve, parabens mesmo! Você realmente merece todos os seus seguidores.

    ResponderExcluir
  8. Que perfeito Isa!
    :)
    Obrigada por estar sempre presente...
    beijos
    desculpa pela ausencia! =X

    ResponderExcluir
  9. A sensibilidade desse texto retornará os batimentos de muitos corações, até então, esquecidos...

    belíssimo texto!

    Denis J.H.

    ResponderExcluir
  10. Muito singelo seu texto. Leva o leitor a uma reflexão sobre seu comportamento... muito bom.

    Parabéns!

    Wellington Souza
    Comunidade Literária Benfazeja

    ResponderExcluir
  11. Isa, simplesmente fantástico. Me conquistou.

    ResponderExcluir
  12. encontrei seu blog,e me encantei !
    meus parabéns minha querida,voltarei muitas e muitas vezes aqui !
    espero ter a honra de ver vc no meu http://vivendonocapricho.blogspot.com/
    BEIJOS E MUITO SUCESSO !

    ResponderExcluir
  13. Amei a sua metáfora! Principalmente esta parte "Sente, mas facilmente esquece; porque o chapéu de funil não filtra sentimento"
    Ah, se todos esses homensde lata por ai quisessem encontrar um mágico...
    beijos.

    ResponderExcluir
  14. Nossa, tu escreves muito bem.
    Adorei demais esse texo
    Se puder, http://oespelhopartido.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Lindo esse blog minha querida;
    Bela escrita..
    Se quizeres passar no meu blog e me seguires também, fique a vontade ok.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Lindo!!!
    Parabéns pelo texto. Perfeito ;)
    Estou seguindo. Também gosto do "meio amargo". Esse gosto sempre me mostrou o quanto é bom o gosto doce. =)

    Abraços.

    ResponderExcluir
  17. Se mudar o texto para a versão feminina fica a minha cara rs
    Eu sou meio de lata!
    Nada para se gabar... Mas cada um é como é!
    Seu texto ótimo como sempre, estava com saudade daqui!

    Um beijo e LUZ*

    ResponderExcluir
  18. Leve como uma pena e sutil como uma brisa. É essa a sensação que seus textos passam, nunca são cansativos e sempre, SEMPRE são perfeitos :)
    Outra genialidade moça!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Adorei o texto, guria. Acho que talvez, porque também conheci um homem de ferro, que negava a todo custo o coração. Achei tão triste, vendo hoje de longe. Mas insisti também por dar uma parte que fosse do meu coração tão grande à ele.
    Gostei do teu blog, tem bom gosto, viu.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  20. Uma vez que houve o encontro, acredito que os desencontros sejam opcionais!

    Bjs =*

    ResponderExcluir
  21. "De nada adianta dois pulmões se você não tem um coração pra te fazer perder o fôlego."
    Sabe que concordo?! =)

    Texto lindo!
    BjO

    ResponderExcluir
  22. "...mas o medo ensurdece; é a coragem que abre os olhos, ouvidos, mente e peito. É a coragem de mostrar fraqueza que fortalece."
    Parabéns pelo texto,lindo! Existem tantos com o coração de ferro por aí. ;\
    Porém, como disse Saramago, "o meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia."

    Beijo!

    ResponderExcluir
  23. Oi minha amiga, que saudades de sentir essa amargura doce... rsrs.. Aliás, acho que você errou na hora de deixar negrito as melhores frases... Porque todo o texto não ficou em negrito hein? Rrsrs... Maravilhoso, a insensibilidade da lata também cativa! Bjos, até mais!

    ResponderExcluir
  24. ei Isa...

    muito bom o seu blog... já estou te seguindo.
    bjos

    ResponderExcluir
  25. Muito lindo teu blog. Escreves muito bem. Beijos doces :*

    ResponderExcluir
  26. Escreve com graça, flor. Fiquei encantada com isso aqui.. E citar Saramago iniciou com chave de ouro..

    beijo!

    ResponderExcluir
  27. "É a coragem de mostrar fraqueza que fortalece." UAU, ADOREI! Lindo post, lindas palavras. Beijos, flor.

    ResponderExcluir
  28. Associação de extremo bom gosto.
    Não está nos clichês literários, não busca o mesmo ritmo de qualquer outro texto do gênero.

    Eu sempre procuro reverenciar que escreve com propriedade e foco. A leitura se faz sem angústia. Onde está o coração do homem-de-lata, onde está o dispositivo que tira o fôlego do robô?

    Vou seguir.

    ResponderExcluir
  29. Olá, tudo bom?
    Achei seu blog muito interessante.
    Comecei um blog tbm, se puder e não for pedir muito, de uma passadinha no meu?

    http://cabecafeminina.blogspot.com/

    Muuito obrigada e parabéns pelo blog!!!!

    ResponderExcluir
  30. Isa...Há um presente para o Amargamente lá no Sangue e Solidão. Beijos! :D

    ResponderExcluir
  31. Ah Isa! Como tens tamanha coragem de deixar a gente assim, sonhando e querendo mais?
    Acredito já lhe ter dito o quanto gosto daqui.

    Um beijo na alma.

    ResponderExcluir
  32. Oi, Isa.

    Esquecemos de avisar que estamos atualizando a seção de propaganda !Livre! do site! Caso queira colocar o seu banner em destaque, basta 'colar' o nosso em seu blog.


    Detalhes, neste link.

    Abraços e esperamos visita!

    Wellington Souza
    Coordenador

    ResponderExcluir
  33. Que lindo!
    Estou seguindo!
    Visita lá www.ingridbusquet.blogspot.com
    beijos!

    ResponderExcluir
  34. me identifico tanto com esse texto, minha história *-------------* Parabéns, estou te seguindo a um tempinho rs

    ResponderExcluir
  35. Adorei o texto!!! Tbm me identifico...
    Seguindooo =)

    ResponderExcluir
  36. lindo d+
    entre em contato
    @yasmin_abrantes
    temos muitos ´´doces em comum´´

    ResponderExcluir
  37. Amei seu texto. Posso pegar emprestado e enviá-lo para um Homem de Lata que por não ter um coração roubou o meu? (com os créditos, é claro). Parabéns.

    ResponderExcluir
  38. Oi Claudia!!!! Pode sim, fique a vontade!! E obrigada pela visita ;) Beijoss

    ResponderExcluir
  39. Obrigado por fazer meu coração voltar a bater...

    ResponderExcluir